Cultura: os homens suicidas de Antony Gormley

Não pude deixar de perceber esta manhã quando estava saltando da Barca no caminho para o trabalho, certa diferença na paisagem habitual do Centro do Rio de Janeiro. Homens no topo de vários prédios prontos para saltar no ar, cometer um suicídio. Não foi surpresa para mim, pois já sabia que havia um certo inglês na cidade com sua exótica obra tentando chamar a atenção dos cariocas na grande metrópole, e conseguiu. As esculturas chamaram bastante atenção, a primeira que me deparei está bem em frente a Estação das Barcas na Praça XV, quando a vi pela primeira vez estava usando fraldas, sim, fraldas. Depois, prestando atenção ao altos dos prédios, fiquei encantado e um pouco incomodado com os homens suicidas – causa um pouco de tensão, ao menos a mim.

   

A intenção de Antony Gormley – artista responsável pela obra – é chamar a atenção das pessoas para o seu próprio corpo e os corpos ao seu redor, relacionado com o espaço que ocupam. E colocar as esculturas nas partes mais movimentadas da cidade parece que deu certo, pois querendo ou não, elas fazem você refletir, mesmo sem à princípio não perceber o todo. O interessante é que o modelo para confeccionar as esculturas é o próprio artistas.
A exposição Corpos Presentes – Still Being está aberta no CCBB, no Rio de Janeiro, e ficará até o dia 23 de setembro, partindo a seguir para Brasília.
Informações:
Local: CCBB Rio de Janeiro – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Data: 07 de agosto a 23 de setembro
Horário: Terça a domingo, de 9h às 21h

Author

Fabiano Gomes

Fabiano Gomes Editor-Responsável

<p>Formado em Biblioteconomia e Ciência da Informação (UNIRIO) atuou como bibliotecário até o seu limite. Cansado de buscar informação relevante de Moda Masculina em blogs e sites brasileiros, decidiu criar O Cara Fashion para suprir a própria necessidade.</p>

Related