Balanço London Collections: Men – Spring/Summer 2015

A London Collections: Men passou deixando algumas impressões do que veremos na moda masculina no verão 2015, com muitas marcas e competentes designers mostrando seu melhor. Separei aqui alguns desfiles com peças bem interessantes, confira:
Moschino
Em sua primeira coleção masculina para a Moschino, o gênio Jeremy Scott continua a mostra sua visão da pop art, com um desfile cheio de referências da nossa cultura contemporânea, com estampas coloridas de Coca-Cola, e também outras fazendo referências ao estilo street do hip-hop – seu grande público.

Burberry Prorsum
A marca homenageou o escritor e romancista inglês Bruce Chatwin em sua coleção de verão 2015, trazendo uma versão jovem, alegre e “hispster” do escritor, com looks bem descontraídos e despojados, como chapéus e bolsas. A Burberry ousou em fazer algo diferente do que vem apresentando, com uma visão jovem e renovada da marca.

Katie Eary
Com inspirações nos cowboys dos anos 1970 e a explosão do denim, a Katie Eary apresenta uma alegre coleção na semana de moda masculina de Londres. A marca traz a leveza e despreocupação da época em sua coleção, com referência nítidas e sucintas, como estampas do velho Oeste. O jeans vem representando sua popularização, que se firmou com grandes vaqueiros.

James Long
A coleção da marca mostra um interessante streetwear com pegada hippie sessentista, mas sem deixar de ser super contemporâneo. As cores intensas detalham e comandam as peças, dando um ar alegre a coleção, quase lembrando um patchwork sem propósito.
Kit Neale
Brincar com a moda, foi isso que a marca fez de uma for a incrível. Com uma coleção divertida, usável e conceitual – por que não?! – a Kit Neale alegra a “tão séria” semana de moda masculina londrina; assim como Scott na Moschino, a grife também faz uso da pop art para suas peças, e também acertou em cheio.

Author

Fabiano Gomes

Fabiano Gomes Editor-Responsável

<p>Formado em Biblioteconomia e Ciência da Informação (UNIRIO) atuou como bibliotecário até o seu limite. Cansado de buscar informação relevante de Moda Masculina em blogs e sites brasileiros, decidiu criar O Cara Fashion para suprir a própria necessidade.</p>

Related