Minhas impressões sobre Água de Coco para C&A

Fui hoje com calma para conferir a última collection de 2014 da C&A, em parceria com a cearense Água de Coco. A fast fashion teve um ano cheio de coleções cápsulas com diversas marcas nacionais e internacionais, porém, para nossa tristeza, somente duas com peças masculinas, a da Billabong – que foi fraquíssima – e a tão aguardada com a Água de Coco – que já mostrei aqui – e agora venho falar um pouco sobre o que achei da coleção.
A coleção masculina foi muito enxuta, com uma variedade bem pequena em relação a feminina, que tinha diversas peças de roupas e acessórios até enjoar. As peças eram bermudas de poliéster estilo surfwear e de algodão mais casual, camisetas, sungas e havaianas, só. Apesar de serem poucas peças, deu pra aproveitar algumas coisas.
A estamparia da Água de Coco é realmente linda, eles conseguem estampar as paisagens tropicais brasileiras com sua forte identidade nordestina, fazendo um trabalho incrível. Havia uma boa quantidade de bermudas, gostei mais de três, pelas estampas e pelo material de uma delas que adorei – a última em azul – pois ela tem um elastano junto ao poliéster que a deixa com uma elasticidade bem legal. O preço é bem em conta R$69,00. Apesar de não ser fã de bermudas surfwear, a coleção me fez ver esse estilo com outros olhos; levei a azul, que vestiu super bem.

Assim como as bermudas, as sungas tem uma estamparia igualmente bonita – claro, para quem gosta de prints tropicais como eu – todas em modelagem “sungão”, gostei de três modelos. O preço também está ótimo, R$49,00, vale pela qualidade e beleza. Levei a sunga na mesma estampa da bermuda azul.

Sobre a coleção…
A coleção de fato é boa, porém, acho que os idealizadores poderia – e deveriam –  explorar um pouco mais as peças do universo masculina e as trazerem para as araras. Enquanto a coleção feminina tem acessórios com colar, chapéu, pulseiras e ao menos umas cinco bolsas diferentes, a masculina não tem nenhum acessório ou peça além do vestuário. Poderia ter investido em umas mochilas, bolsa de praia, chapéu panamá, cordões e pulseiras; enfim, muitas coisas que poderia dar um up, e não nos decepcionar como sempre.
Esperamos que no próximo ano, a C&A – e a Riachuelo também – aposte em mais parcerias com marcas de moda masculina e unissex com uma coleção decente, pois está chato já esperar algo legal com essas collections e morrermos na praia.

Author

Fabiano Gomes

Fabiano Gomes Editor-Responsável

<p>Formado em Biblioteconomia e Ciência da Informação (UNIRIO) atuou como bibliotecário até o seu limite. Cansado de buscar informação relevante de Moda Masculina em blogs e sites brasileiros, decidiu criar O Cara Fashion para suprir a própria necessidade.</p>

Related