Look da Semana | Quebrando Paradigmas

O Look de Semana dessa vez vem numa pegada mais informal do que de costume, as fotos não são tiradas profissionalmente, mas sim aquelas que a gente pede para o namorado(a) ou amigo para tirar só para postar no Instagram – vida real mesmo. Neste final de semana decidi fazer um experimento fashion, montei dois looks com duas peças polêmicas que falei aqui no blog, o top cropped e a legging.

O top cropped eu comprei para uma festa a fantasia e acabei gostando muito da peça e a trouxe pra a vida.

IMG_2049 FullSizeRender

Já a legging eu recebi da marca Upman para experimentar e acabei gostando muito da composição com a bermuda animal print – já estou amando também.

IMG_2047 IMG_2048

Ambas peças são consideradas por muitos femininas, porém como também já falei aqui, roupas não têm – ou não deveriam ter – gênero. Assim, vejo que eu como influenciador digital tenho o dever de espalhar essa ideia, pois com os 3 anos e meio de O Cara Fashion no ar vi que possuo o poder de transmitir informação de moda, e consequentemente também inspirar e ajudar pessoas a se expressarem através da moda, com roupas que mesmo consideradas inadequadas pela sociedade, se encaixam perfeitamente no seu estilo.

Então com esse look eu espero poder ajudar aqueles que – assim como eu – querem ser livres das amarras sociais que nos limitam através da sua expressão de moda. Afinal não há nada mais brega do que essas regras de moda, não é mesmo?

O choro é livre.

Look 1 – Top Cropped e Jeans: Riachuelo | Tênis: Converse | Pulseira: Herchcovitch;Alexandre | Colar: O Cara Fashion Acessórios

Look 2 – Camiseta e Bermuda: Zara | Legging: Upman | Tênis: Adidas Orignals x Jeremy Scott | Colar e Pulseiras: O Cara Fashion Acessórios

Author

Fabiano Gomes

Fabiano Gomes Editor-Responsável

<p>Formado em Biblioteconomia e Ciência da Informação (UNIRIO) atuou como bibliotecário até o seu limite. Cansado de buscar informação relevante de Moda Masculina em blogs e sites brasileiros, decidiu criar O Cara Fashion para suprir a própria necessidade.</p>

Related