Guia Prático para os Tipos de Sapatos Masculinos

A paixão que tenho por sapatos é pública, quem me acompanha há mais tempo sabe que tenho grande amor por calçados masculino e sempre trago novidades deste universo aqui. Mas um coisa que me chamou atenção esses dias, é que ainda não havia feito um post aqui no blog sobre os tipos de sapatos masculinos. Pois vejo que de vez em quando nos comentários das fotos lá no Instagram do blog (já está seguindo @ocarafashion?) os caras muitas vezes não sabem a diferença entre um Derby e um Oxford, por exemplo.

Pensando nisso, decidi trazer um guia prático para você nunca aprender os nomes certos de cada modelo de sapato masculino, do Oxford ao Monk Strap. Vamos lá.

Derby

Um  dos mais clássicos dos sapatos masculinos, o modelo Derby se diferencia pelas abas soltas nas laterais, onde vão os furos que são passados os cadarços dos sapatos. Pode ser usado para looks com ternos, blazers, calças em alfaiataria e até mesmo jeans.

Oxford

Esse já é considerado um modelo mais formal do que o Derby, onde tem sua diferença pela falta das abas, ao invés de soltas elas são juntas ao corpo do sapato, dando um ar mais ajustado e tradicional. Esse tipo de sapato é indicado para looks mais tradicionais, como black tie, por exemplo.

  • Ressalva: Brogues e Wingtips

Brogues

Essa é uma parte que muita gente confunde – inclusive eu mesmo por muito tempo. O que define um calçado por ser Brogue é a sua finalização dos famosos furinhos que formam um desenho no corpo do sapato. Então pensando dessa forma, um Oxford, um Derby, e até mesmo uma bota pode ser Brogue se ela for desenhada por esse furinhos.

Wigtips

Parece confuso, mas não é. Os sapatos Wingtips são aqueles que possuem desenhos no estilo Brogue em forma de asas na frente do calçado na altura do peito do pé.

Loafers

Um dos sapatos mais casuais no universo masculino são os Loafers. Eles não possuem cadarços nem fivelas, são daqueles que você coloca o pé sem esforço. Podem ser lisos ou conter estampas na parte superior no peito do pé.

Mocassim

Os Mocassins tem a mesma máxima de conforto e estilo dos Loafers, são usados para momentos mais informais e confortáveis. Vai bem com bermuda ou calça, dependendo da ocasião.

Monkstrap

O Monkstrap tem su definição pela forma de amarrar, que é feito pela faixa – uma ou duas – que passa por cima do peito do pé do sapato e termina com uma fivela lateral. Esse sapato já foi muito criticado, porém hoje ele faz parte da produção de looks de muitos fashionistas.

Side Gore

Esse sapato é uma variação do Mocassim, mas tendo seu estilo definido por duas tiras de elásticos nas laterais que se adaptam ao pé. Alguns possuem canos mais altos e são bem parecidos com botas – lembrando um pouco as Chelsea Boots.

Pronto! Agora você não terá mais dúvida na hora de escolher o sapato que deseja nas suas compras.

Author

Fabiano Gomes

Fabiano Gomes Editor-Responsável

<p>Formado em Biblioteconomia e Ciência da Informação (UNIRIO) atuou como bibliotecário até o seu limite. Cansado de buscar informação relevante de Moda Masculina em blogs e sites brasileiros, decidiu criar O Cara Fashion para suprir a própria necessidade.</p>

Related