SPFW n45 | O que rolou de Moda Masculina nesta edição da São Paulo Fashion Week

SPFW n45 | O que rolou de Moda Masculina nesta edição da São Paulo Fashion Week

A São Paulo Fashion Week n45 passou e a gente pode conferir o que passou por lá e o que as marcas que apostaram em coleções de moda masculina trouxeram para a gente nesta temporada. E O Cara Fashion estava por lá para conferir tudo de pertinho e mostrar aqui e lá no Instagram (já está seguindo?) para vocês as novidades e tendência que a gente pode apostar.

João Pimenta

João Pimenta trouxe um surfista invernal, que para fugir do óbvio se inspirou na cultura oriental a fim mostrar um cara relax com roupas em modelagem ampla e solta. A cartela de cores trouxe uma miscelânea de azul turquesa, cáqui, bege, vinho e laranja. A coleção se mostra com aquela pegada worker que o cara tanto gosta – vale atenção aos macacões que estão lindos – com estampas em xadrez e florais sutis nas peças.

 

Cotton Project

A marca propõe uma experimentação de uma vida onde você deixa todos as suas obrigações do vida passado para trás, e isso se traduz numa estética onde visuais rústicos e tons terrosos se manifestam na passarela, dando uma ideia de equilíbrio entre o lado urbano e a natureza. Dessa forma, a coleção é apresentada com uma estética funcional.

 

Água de Coco por Liana Thomaz

A marca praiana resgatou a nacionalidade em sua coleção, que fez uma ode à cultura brasileira em cores e estampas. Para os homens, a Água de Coco trouxe uma praia classuda com referências aos anos 1980, com peças como shorts e camisas super estampadas com prints tropicais e grafismos.

 

Amir Slama

Amir Slama trouxe – além de sua moda praia que a gente ama – uma coleção com a pegada esportiva que está tão em alta no momento. A linha apresenta peças que servem para a prática de esporte e para o dia a dia – mesclando a moda com o utilitário – que são traduzidas em peças como shorts, bermudas e regatas.

 

Osklen

A coleção ASAP mostra mais do que nunca a verdadeira missão da Osklen como maior e principal marca eco-friendly no Brasil. A linha celebra ainda o marco de 850 mil peças produzidas com o chamado e-fabric (tecido ecológico) ao longo dos 20 anos desde que começou a atuar neste seguimento no mercado brasileiro. Dessa forma, a coleção traz aquela pegada cool descontraída do carioca estiloso, com peças soltas e confortáveis.

 

Ratier

A marca paulistana traz a vibe eletrizante dos anos 2000 – que de acordo com a “ordem cronológica” da moda será a próxima década a ser explorada como tendência – como inspiração. A linha traz um mix de sportstwear com alfaitaria, apresentada em cores vivas como verde limão, amarelo e laranja.

 

Handred

Uma viagem à Marrakesh foi a inspiração do designer libanês André Namitala para sua coleção de estreia da Handred na São Paulo Fashion Week. A linha traz uma fluidez, que não é só de gênero, mas também do movimento que as peças ganham nos tecidos leves de materiais 100% naturais – como a seda e o linho – que a marca carioca traz na passarela. A cartela de cores terrosas ajudam na inspiração, com marrom, bege e um vermelho barroso.

Após essa temporada de moda a gente consegue perceber que as marcas realmente não se limitam mais às estações do ano (como Verão e Inverno), e trazem um mix de peças que são mais a cara do nosso clima – com sua grande variação de humor.

Vale destacar que a moda esportiva pretende ainda ficar por um bom tempo presente no mundo fashion, e que sua mistura com outras padronagens, como a alfaitaria, tem resultrado num visual freshy e cool. Falando nisso, outro seguimento que também faz parte do movimento utilitário é a moda worker, que aparece forte já há algumas temporadas, mostrando que na moda o luxo tem dado lugar ao últil – thank God!

Fotos: Zé Takahashi / Ag. FOTOSITE

Author

Fabiano Gomes

Fabiano Gomes Editor-Responsável

Formado em Biblioteconomia e Ciência da Informação (UNIRIO) atuou como bibliotecário até o seu limite. Cansado de buscar informação relevante de Moda Masculina em blogs e sites brasileiros, decidiu criar O Cara Fashion para suprir a própria necessidade.

Related