Riccardo Tisci mostra diversidade do novo perfil da Burberry para W Magazine

Riccardo Tisci mostra diversidade do novo perfil da Burberry para W Magazine

Uma marca que não pensa em diversidade e responsabilidade social em pleno 2020 ainda não entendeu que para existir hoje é preciso mais do que trazer umas brusinhas bonitas e galãs de novela em suas campanhas. E quando Riccardo Tisci assumiu o controle da Burberry em 2018 – depois de fazer um incrível trabalho na Givenchy por 12 anos – o cara sabia que seu desafio seria ainda maior. Pois incluir diversidade numa marca tradicional como esta poderia não dar muito certo. Mas deu.

Em nova matéria para a W Magazine, respeitada revista de moda americana, Riccardo Tisci apresenta o novo perfil da Burberry, que deixou de lado aquela austeridade britânica para dar espaço a um consumidor mais plural. E para isso, o cara apresenta uma seleção de personalidades que representam esse novo perfil da marca, vem conferir.

YVES MATHIEU – Modelo e ativista americano que faz trabalhos voluntários ajudando a população em situação de rua.

MAHMOUD – cantor filho de mãe italiana e pai imigrante egípcio, que através da sua música fala sobre a xenofobia que sofre em sua carreira e na vida.

JOAN SMALLS – porto-riquenha considerada uma das mais bem pagas modelos do mundo. Em 2012 foi a primeira latino-americana a representar a marca de cosméticos Estée Lauder. Além disso, a modelo se comprometeu a doar metade do seu salário do segundo semestre de 2020 para o Black Lives Matter.

ARCA – cantora e produtora trans venezuelana que já colaborou com artistas como Kanye West, FKA Twigs e Björk. E teve participação efetiva na trilha sonora do desfile de Outono/Inverno 2020 da marca.

SHAY – rapper de descendência polonesa e congolesa que obteve grande sucesso com seu trabalho nos últimos anos, sendo considerada umas das únicas mulheres rappers a trabalhar com marcas de luxo francesa.

IRINA SHAYK – modelo filha de minerador de carvão e professora de jardim de infância que nasceu na fronteira da Rússia com o Cazaquistão.

WILLIAM DJOKO – D-J holandês de origem ucraniana e camaronesa.

LADYFAG – escritora, intérprete, personalidade, produtora de eventos trans de Nova York.

PA SALIEU – rapper britânico que mistura afrobeat com a sonoridade londrina.

M HUNCHO – rapper britânico do norte de Londres que tem como marca registrada se apresentar com sua icônica máscara.

É curioso ver como marcas gringas de luxo têm se reinventado para abraçar a diversidade, trazendo personagens das mais diversas etnias e sexualidades. E por aqui a gente ainda tem que lidar com marcas que pensam que colocar modelos e celebridades brancos heteronormativos padrão ainda é moda. Aprendam, querides.

Author

Fabiano Gomes

Fabiano Gomes Editor-Responsável

Formado em Biblioteconomia e Ciência da Informação (UNIRIO) atuou como bibliotecário até o seu limite. Cansado de buscar informação relevante de Moda Masculina em blogs e sites brasileiros, decidiu criar O Cara Fashion para suprir a própria necessidade.

Related